duas mães com bebês no colo conversam sobre ferro na gravidez

A importância do ferro na gravidez

Durante a gestação, a mãe precisa estar bem nutrida e dar condições saudáveis para o desenvolvimento do bebê. Na lista de hábitos e cuidados com o corpo, está a ingestão de nutrientes que interferem na formação do pequeno que está para chegar.
Dentre os nutrientes, é primordial saber da importância do ferro na gravidez. O mineral atua no desenvolvimento do cérebro da criança, na prevenção do parto prematuro e mortalidade perinatal.
Siga com a leitura para conhecer os motivos da importância de ingerir alimentos e da suplementação de ferro na gestação.

O que é ferro?

O ferro é um mineral, e assim como os demais nutrientes desta natureza, desempenha funções estruturais e biológicas no organismo. É um micronutriente responsável pela produção de hemoglobina – a proteína do sangue que ajuda a carregar oxigênio e energia para todas as células. Além disso, o ferro tem um papel importante na manutenção do sistema imunológico.
Importante destacar que o ferro não é produzido pelo organismo, e por isso, é fundamental recorrer aos alimentos ricos no nutriente ou a suplementação para evitar a deficiência no corpo.

É comum ter deficiência de ferro?

A deficiência de ferro e a anemia causada por ela são problemas de saúde pública, e afetam cerca de 30% da população mundial. Em sua maioria estão as mulheres em idade reprodutiva.
Os principais fatores que desencadeiam a deficiência de ferro são:

  • falta do nutriente na alimentação;

  • diminuição da absorção na mucosa intestinal;

  • sangramentos recorrentes (como fluxo da menstruação);

  • aumento da produção sanguínea (como ocorre na gravidez).

Sinais de deficiência de ferro

  • cansaço 
  • falta de apetite
  • dificuldade de aprendizado
  • falta de atenção
  • queda e enfraquecimento do cabelo
  • palidez
  • interior das pálpebras incolor
  • baixa imunidade

Por qual motivo o ferro na gravidez é importante?

Por apresentar funções estruturais e biológicas no corpo humano, o ferro é um nutriente importante no desenvolvimento cerebral e muscular antes mesmo do nascimento do bebê. É ainda na barriga da mãe que o filho absorve o nutriente para sua formação.Enquanto ele cresce, o corpo da mãe trabalha em dobro. O volume sanguíneo das grávidas aumenta consideravelmente para levar ao filho todos os nutrientes que ele precisa, além de manter o próprio organismo em plena atividade. Por isso, a necessidade de ferro na gravidez é maior, e nesta condição, é comum apresentar carência do nutriente.

Quais são as fontes nutricionais de ferro?

Como já foi citado anteriormente, o ferro não é produzido pelo organismo. Por isso, as gestantes precisam recorrer aos alimentos para ingerir o nutriente, ou aos suplementos.
Confira os alimentos que apresentam boa concentração de ferro na composição, e os suplementos que podem ser consumidos para evitar a deficiência.

Alimentos ricos em ferro

  • Carne vermelha
  • Miúdos (fígado bovino)
  • Vegetais escuros (brócolis, couve, espinafre)
  • Leguminosas (feijão, grão-de-bico, lentilha)
  • Cereais, grãos e sementes
  • Frutas secas (uva-passa)
  • Gema do ovo

Suplementação de ferro na gravidez

Para definir qual suplemento tomar e a dosagem, é importante consultar os profissionais da saúde que acompanham a gravidez para indicar a formulação ideal.
Os suplementos de ferro – também chamados de sais ferrosos – mais conhecidos são os listados abaixo, e o percentual é referente a quantidade do nutriente na composição.

  • Fumarato ferroso, com 33% de ferro elementar.
  • Sulfato ferroso, com 20% de ferro elementar.
  • Gluconato ferroso, com 12%de ferro elementar.

O principal objetivo deste conteúdo é explicar a importância do ferro na gravidez, e as alternativas para ingerir o nutriente, seja na alimentação ou na suplementação.
Importante destacar que a suplementação de ferro na gestação não é uma alternativa apenas para reforçar o nutriente. Muitos outros nutrientes podem ser suplementados pela mãe enquanto o bebê se desenvolve. Leia o conteúdo “suplementação na gravidez: por que é importante e quando suplementar” e saiba quais são os principais e quais devem ser evitados.

Ferro também está no Be Generous

O ferro integra o Polivitamínico do Futuro, suplemento pré-natal distribuído pelo projeto social Be Generous para gestantes com maior carência nutricional. Sua fórmula contém, além do ferro, as vitaminas A, complexo B, C, D, E, H e K, além de cálcio, cromo, magnésio, selênio, molibdênio, zinco, colina, iodo e ácido fólico.

O Polivitamínico do Futuro é distribuído em conjunto com um suplemento de ômega 3 com alto grau de pureza. Ambos os suplementos atuam na construção física e cognitiva das futuras crianças e ajudarão a fortalecer o sistema imunológico, aumentando a resistência a infecções e diminuindo o risco de doenças ao longo de suas vidas.